Polo Digital de Manaus forma rede de voluntários para criar soluções em combate ao Coronavírus

Tempo de leitura: 3 minutos

O Polo Digital de Manaus, ecossistema de tecnologia da informação e comunicação, tem se reunido virtualmente desde o último dia 20, sexta-feira. Mais de cem profissionais voluntários de diversas áreas do conhecimento para criar e executar projetos e ações que irão ajudar a combater a crise do Coronavírus. Já foram formados oito grupos de trabalho que estão integrados aos agentes das secretarias municipais e estaduais, além de fornecedores e fabricantes de itens de primeira necessidade.

A rede de profissionais voluntários está sendo formada por engenheiros, cientistas, pesquisadores, desenvolvedores, administradores, designers, jornalistas e publicitários entre outros.

Estamos construindo uma verdadeira rede de solidariedade com profissionais de alta competência se predispondo a criar soluções a partir das novas tecnologias para, juntos, ajudarmos a combater o Coronavírus”, explica a presidente da Associação do Polo Digital de Manaus, Vania Thaumaturgo, ressaltando que é uma rede aberta a todos que queiram colaborar.

Os trabalhos realizados durante o fim de semana (domingo 23) foram intensos e contínuos e geraram até o momento sete subgrupos de trabalho voltados para: 

Chatbot – criação de robô de triagem virtual do Coronavírus e indicação de unidade de tratamento mais próxima;

Distribuição de Alimentos – A necessidade de controle da disseminação da doença limitou a circulação de pessoas e mudou a rotina de toda a cadeia varejista e logística, causando um impacto direto no comércio de produtos alimentícios. Buscamos soluções que minimizem esse impacto, como plataformas para compra e venda de produtos e serviços por meio da internet;

Fornecedores de Produtos – Mapeamento de fornecedores/fabricantes de produtos que apoiem o setor de saúde. Exemplos de produtos: Álcool em gel, Máscaras, Óculos de Acrílico, Capotes (Roupas especiais);

Controle Emocional – Construção de plataforma de apoio psicológico aos profissionais de saúde que já estão passando por momentos de alto estresse no combate à doença;

Impressão 3D – desenvolver produtos como viseiras (Faceshild ) e Máscaras;

Respiradores – Prototipagem de válvulas para respiradores e manutenção dos respiradores atuais, essenciais para salvar vidas;

Mapeamento de Casos – Criação de Mapa de Calor de Casos Confirmados e Suspeitos de Covid-19 do estado do Amazonas;

Organização de informações – Moradores de comunidades e vilarejos estão sem informação sobre cuidados com saúde e sobre o que está acontecendo. Precisamos fazer com que as informações corretas cheguem rapidamente até eles.


“Agradecemos a todos aqueles que atenderam prontamente à chamada e têm trabalhado dia e noite nestes e em outros projetos que irão surgir”, destaca Vania Thaumaturgo. “Nas próximas horas, alinharemos suporte direto às unidades de controle do Estado e Município para aumentar sua capacidade”.

Para informações, seguem os endereços eletrônicos:

http://www.polodigitaldemanaus.com/ 

associacao@polodigitaldemanaus.com

SOBRE A APDM

A Associação Polo Digital de Manaus (APDM), criada em fevereiro deste ano, tem como objetivo organizar o ecossistema de tecnologia da informação comunicação de Manaus, dando-lhe visibilidade e representatividade bem como o suporte necessário para o ecossistema alavancar-se em competência e novos negócios. Atualmente, a APDM é formada por vários voluntários que atuam de forma extraordinária para construção deste futuro, envolvendo institutos públicos e privados, startups, empresas de tecnologia, fundações, universidades, incubadoras, aceleradoras e coworkings. Tem como membros-fundadores os institutos Sidia, Cesar, Eldorado, Softex e Valyup.

Comece uma conversa no forum.manausdigital.com.br